Mortticia: Novo episódio de podcast aborda clássico do Iron Maiden
Postado em 01 de outubro de 2021 @ 11:03 | 254 views


Está no ar o quarto episódio do podcast em formato mensal “Masmorra da Mortticia”, liderado por Lucas Fialho Zawacki (vocal) e Guilherme Wiersbicki (baixo), integrantes da banda de Heavy Metal gaúcha MORTTICIA. Após dissecarem álbuns como “Rage For Order” (Queensrÿche), “Somewhere in Time” (Iron Maiden) e “Hemispheres”, do Rush, a dupla agora concentra seus conhecimentos e opiniões sobre o não menos clássico “Seventh Son of a Seventh Son”, do Iron Maiden, entrando a fundo em toda mitologia cristã e dialética envolvendo esta obra prima do Metal mundial. No álbum de 1988 a banda combina perfeitamente o som rápido e melódico dos seus primeiros trabalhos com as influências do rock progressivo britânico e usa isso para contar a tragédia do “sétimo filho do sétimo filho” da sua forma caracteristicamente teatral. Ao todo, são oito faixas que abordam a temática do sétimo filho do sétimo filho, aquele que pode ser tanto o messias salvador quanto o anticristo trazendo a destruição do mundo. O podcast pode ser ouvido no Youtube, Anchor, Spotify, RadioPublic, Pocket Casts, Breaker e Google Podcasts.

Ouça o episódio sobre o Iron Maiden no Spotify:

O último lançamento da banda foi o EP “A Light in the Black”, que transborda doses cavalares de Heavy Metal tradicional, mas que em suas letras aborda uma veia mais filosófica, fugindo dos padrões do estilo. O grupo destaca que o próprio título do EP é um bom exemplo dessa abordagem: “Ele pode ter diferentes interpretações: uma mensagem de esperança diante de situações caóticas, o que discutimos nas músicas “Life is on (One Flower)” e Ocean of Change”; ou, então, pode ser mais como uma tentativa de dar foco em questões sociais que, muitas vezes, passam batidas, como a violência retratada em “Violence”, a superficialidade das relações sociais abordada em “Limiar” e a problemática por trás das lutas apresentada em “Hear my Words”. Mais do que tentar definir qual seria a interpretação mais correta – o que nos levaria por um caminho muito simplista –, acreditamos que é mais interessante aceitar todas as possibilidades. As coisas não são apenas isto ou aquilo, elas são muito mais complexas do que isso. E como diria o filósofo Edgar Morin: “A consciência da complexidade nos faz compreender que não poderemos escapar jamais da incerteza e que jamais poderemos ter um saber total: a totalidade é a não verdade”.

Assista ao lyric vídeo “Ocean of Change”:

Ouça o EP “A Light in the Black” no Spotify:

Contatos:

Linktree: https://linktr.ee/mortticia.metal
Facebook: https://facebook.com/mortticia.official
Instagram: https://www.instagram.com/mortticia.official
Twitter: https://twitter.com/mortticiametal
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

MORTTICIA: DISSECANDO O CLÁSSICO “HEMISPHERES” DO RUSH EM PODCAST

Tags:,

Categoria: News · Plataformas Digitais · Podcast


TOP