Paul Di’Anno: Sem tempo para notícias sensacionalistas criadas por jornalistas brasileiros
Postado em 07 de junho de 2022 @ 20:00 | 44 views


O canal do YouTube HEAVY CULTURE conversou com o vocalista Paul Di’Anno, que dispensa apresentações. O ex-vocalista do Iron Maiden, após anos lutando contra problemas de saúde, finalmente está conseguindo dar a volta por cima através do apoio de fãs e admiradores, sobretudo através do escritor croata Stjepan Juras, especializado em biografias do mundo da “donzela de ferro”. Neste bate-papo com o HEAVY CULTURE, o carismático vocalista contou detalhes dos procedimentos cirúrgicos que tem passado, revelando que ainda tem três cirurgias para realizar em breve, chegando a brincar que é como o personagem Robocop, mas que tudo tem dado certo, sobretudo o primeiro show após anos fora dos palcos: “Tocamos há duas semanas em Zagreb, e um show gratuito para todos, que foram fantásticos, e foi apenas um pequeno set, com cerca de 51 graus à noite, mas foi bom, é a primeira vez que eu fiz qualquer coisa por sete anos”. Di’Anno também mostrou-se empolgado para voltar a tocar pelo mundo: “Se tudo der certo eu serei capaz de me levantar, mas se não der, pelo menos eu serei forte o suficiente para entrar em aviões para fazer turnês”. 

O cast do HEAVY CULTURE ainda relembrou com Di’Anno o saudoso guitarrista brasileiro Paulo Turin¸ falecido em 2021 devido à COVID-19. O músico fez parte do Battlezone e da banda solo de Paul Di’Anno entre as décadas de 1990 e 2000, gravando os álbuns “Feel My Pain” (1998) com o Battlezone e “Nomad” (2000) no álbum solo que contou apenas com músicos brasileiros. Sobre o show de retorno aos palcos realizado há algumas semanas, o vocalista comentou: “O show de Zagreb foi fantástico, e como eu disse, não canto há sete anos, e eu estava realmente assustado, porque você se sente muito vulnerável em uma cadeira de rodas, mas os fãs foram incríveis”. Conhecido pelo seu background voltado ao Punk Rock e sua própria paixão pelo estilo, Di’Anno deu uma cara agressiva aos primeiros trabalhos do Iron Maiden, inserindo um pouco destas influências na sonoridade da banda britânica. Ele conta: “A razão pela qual eu era agressivo é porque eu não sabia o que estava fazendo… Eu vim de bandas de Punk e eu nunca havia tocado Heavy Metal antes na minha vida, mas isso combinou comigo e com Steve Harris juntos. Eu sei que Steve odeia Punk, mas realmente funcionou e não havia nada parecido”. 

Indagado sobre uma possível participação especial em um show do Iron Maiden, Di’Anno respondeu que não teria problema, principalmente se todos os vocalistas participassem: “Seria fantástico, seria ótimo para os fãs, com certeza. Seria uma ótima uma ótima maneira para o Iron Maiden terminar. Na verdade eu não quero que eles terminem, eu espero que eles continuem, mas vocês sabem, aparentemente estou ouvindo rumores que Dave (Murray) quer se aposentar, mas então veio novamente aquele idiota lá do Brasil que inventa histórias, eu não lembro o nome dele, acho que vocês sabem o que quero dizer… Ele é algum jornalista e se ele não consegue pensar em uma boa história ele apenas inventa alguma coisa… Ele não é nada, ele não é ninguém, mas ele pensa que é alguma coisa e se ele não conseguir uma boa manchete ele inventará uma que seja verdade ou não, e eu não tenho tempo para pessoas assim, que querem se beneficiar de alguma forma”.

Para conferir o bate-papo completo com Paul Di’Anno:

Crédito da foto: Silvio Tanaka 

Mais informações:

Facebook: https://www.facebook.com/heavyculturebra
Grupo: https://www.facebook.com/groups/159610798712141
Instagram: https://www.instagram.com/heavyculture
YouTube: https://www.youtube.com/HeavyCulture
E-mail: heavyculture2020@gmail.com
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Tags:, , ,

Categoria: Heavy Culture · News · Vídeos


TOP