The Anger: Álbum de estreia do projeto é oficialmente lançado
Postado em 03 de fevereiro de 2020 @ 14:23 | 1.070 views


Acaba de ser lançado o álbum “Through Love, Anger, Pain and Sorrow”, debut do projeto The Anger, capitaneado por Rafael Orsi, ex-guitarrista do Genocídio, e pelo baterista Fábio Moyses (Chaos Fear, MoyMondo, Pig Machine). Composto de doze faixas, que transitam por diversas sonoridades, o projeto contou ainda com os vocalistas convidados Aivan Moura e Marcel Briani. Rafael conta que as gravações foram muito fluídas, e que o processo foi bem tranquilo: “Com a praticidade de gravar em casa, eu fazia versões já quase prontas (com uma bateria provisória) e as enviava ao Fábio para ele por a bateria dele, depois dele me enviava os arquivos, eu as inseria na mix e fomos debatendo como estava ficando, até chegar ao resultado final”. E embora todas as músicas sejam da época das demos, de 2012 à 2014, Rafael conta que “o Fábio preferiu não fazer muitas mudanças, mas ele contribuiu muito deixando todas elas mais dinâmicas, variadas e ricas. Meu gosto atual não é o mesmo da época em que elas foram feitas, então essas versões estão um pouco mais trabalhadas do que eram originalmente, alguns detalhes foram mudados, trechos de letras, solos, etc, mas de forma geral são as mesmas das demos.”

Ouça “Through Love, Anger, Pain and Sorrow” no Spotify:

Em relação à capa, o guitarrista afirma que a foto “está quase crua, quase não tem tratamento ali. O trabalho do Aivan Moura está impecável! O Aivan já foi meu companheiro de banda como vocalista em outras ocasiões, e ele participa cantando uma música que é dele mesmo, composta no final dos anos 90, “Visions”, mas que teve seus arranjos modificados por mim, mudando alguns riffs, ou tocando eles de forma diferente. Está em nossos planos gravar outras músicas dessa época.”. O The Anger, como explica Rafael Orsi, não é uma banda, mas sim uma cooperativa de músicos: “Pretendo manter uma rotatividade dos participantes em todos os instrumentos. Quero sempre ter convidados, seja em covers ou composições novas.”.

Questionado sobre qual música mais gostou de gravar, o músico escolheu “Rock ‘n’ Roll will Never Die”, devido a sua vibe “Motörheadiana”: “Eu gostei muito de gravar a “Rock ‘n’ Roll will Never Die”, acho que é uma das melhores músicas do disco. Pra fazer os coros dessa música, que são muitos, me inspirei bastante no Lemmy Kilmister do Motorhead, inclusive nos tons. E ficamos muito feliz com o resultado”. E ainda que Rafael encare o The Anger como um projeto, “Through Love, Anger, Pain and Sorrow” foi uma maneira de o guitarrista dar o primeiro passado dessa nova fase de sua carreira: “Eu quis dar versões definitivas às músicas que fiz há tempos, pois acredito no potencial do material. Eu tenho muita coisa para soltar de outros projetos, por isso também pretendo não me manter apenas nesse estilo musical em que o álbum foi criado”.

Contatos:
Ouça: https://linktr.ee/theanger
Facebook: www.facebook.com/theangerband
Instagram: www.instagram.com/theangerband
Youtube: www.youtube.com/rafaelorsi
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Tags:,

Categoria: News · Plataformas Digitais


TOP