Eloy Fritsch: Tecladista ganha destaque em importantes jornais gaúchos
Postado em 03 de novembro de 2020 @ 15:21 | 187 views


Com 37 anos de estrada, o tecladista gaúcho ELOY FRITSCH está lançado seu 14º álbum solo, intitulado “Moment in Paradise”. Disponível apenas em formato virtual, o trabalho mais uma vez mostra todo o talento e inspiração do músico, que também é um dos fundadores da banda Apocalypse, um dos baluartes do Rock Progressivo brasileiro. Composto, gravado e produzido inteiramente neste período de pandemia, o álbum contém doze faixas que transitam entre diversos estilos, indo do sinfônico ao fusion. O tecladista tem concedido entrevistas e tem recebido resenhas extremamente positivas, destacando uma entrevista para a revista digital Teclas e Afins, que pode ser acessada no seguinte link: http://www.teclaseafins.com.br/revista-digital (é necessário criar um login de usuário e comprar a revista em formato PDF).

A imprensa gaúcha tem destacado “Moment in Paradise” através de matérias com ELOY FRITSCH. Em matéria publicada no jornal Correio do Povo (https://bit.ly/3oVdFcv), a trajetória do músico é relembrada: “Eloy nasceu em 1968. Iniciou sua carreira musical em 1983 quando criou com o irmão Ruy Fritsch e amigos de escola, o grupo de rock progressivo Apocalypse. Com a banda, Fritsch recebeu o prêmio de melhor instrumentista em 1989 no FestPop. O Apocalypse lançou 15 álbuns entre CDs e DVDs incluindo álbum ao vivo nos EUA. Ele desenvolve projeto de composição em estúdio desde 1993 com sintetizadores, computadores e teclados eletrônicos. É professor titular no Instituto de Artes da UFRGS lecionando as disciplinas de Trilhas Sonoras, Computação Musical e Música Eletroacústica”.

Em entrevista publicada para o jornal O Pioneiro (https://bit.ly/34T2Mjt), o tecladista explicou um pouco sobre seu amor pela música e o poder que ela representa, sobretudo em momentos difíceis: “Acho que a música é um paraíso não só para mim, estamos num momento no qual ela serve de refúgio para várias pessoas. Este disco foi uma maneira de eu me refugiar também no ato de criação, de maneira que eu pudesse exteriorizar coisas que eu estava sentindo, ou coisas das quais eu estava tentando fugir desta realidade bem dura que está acontecendo”.

Ouça o álbum no Youtube:

Ouça o álbum no Spotify:

Créditos da foto: Ricardo Fritsch

Contatos:
Site: www.ef.mus.br
Youtube: https://www.youtube.com/user/effsynth
Facebook: https://www.facebook.com/eloy.fritsch
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Tags:, ,

Categoria: News · Plataformas Digitais


TOP