Dark Valley: EP de estreia é lançado e traz elementos incomuns para o Heavy Metal
Postado em 06 de janeiro de 2021 @ 12:56 | 922 views


A banda DARK VALLEY acaba de lançar seu EP de estreia “Tales from Dark Valley”, já disponível em todas as plataformas digitais. O disco conceitual, idealizado pela compositora e mezzosoprano Ana Carla De Carli, traz duas canções inéditas: o single “Rebirth” e a faixa “Supernova”, música fisicamente perfeita. A arte da capa foi feita por Derek Castro e o último clipe do ciclo produzido pela Proteu Filmes. O single “Rebirth” fecha uma grande jornada de autodescoberta, cujos capítulos foram contados pelas outras faixas lançadas anteriormente — “This Is War”, “Ophelia” e “Balada”. Segundo a cantora e compositora Ana Carla, as personagens Ophelia e Lilith, figuras dos singles anteriores, chegam enfim ao momento de seu renascimento. “Assumir nossos sentimentos, lutar por validação no caso das personagens femininas, mergulhar na nossa escuridão para enfim ressurgir mais plenas e seguras de nós mesmas: esse é o ciclo coroado com o último single”.

Com a disponibilização do EP completo nas plataformas, Ana Carla também convida o ouvinte a uma experiência sonora. “Temos muitos detalhes especiais em Tales from Dark Valley. O uso de instrumentos incomuns (harmônica de vidro em “Ophelia”), idiomas raros em metal (hebraico em “Balada”) e, agora, com “Supernova” apresentamos uma música fisicamente perfeita. Reprogramamos cada uma das notas para o sistema de afinação justa, levando em conta proporções matemáticas dos harmônicos a fim de obter um som mais aberto e claro. Nós trouxemos sonoramente a ideia de jornada pessoal e autodescoberta e queremos que o ouvinte sinta-se empoderado depois de ouvir o nosso disco”.

Ouça o EP no Spotify:

 Ouça o EP no Deezer:
https://www.deezer.com/br/album/195724872

“Tales from Dark Valley” conta a história de uma mulher que, através da sua jornada em um mundo alternativo chamado “Dark Valley”, aprenderá a valorizar o seu potencial feminino e a vida. O conceito das músicas para o disco surgiu diante da percepção do papel da mulher na sociedade, também como artista, o que tem protagonizado recentes pautas de meios jornalísticos e debates acadêmicos. Em consonância com esse espírito, os músicos se uniram para contar a história e influência de personagens femininas clássicas (Ophelia, Lilith), comumente representadas na Arte por homens.

Nome emergente do Metal nacional, o DARK VALLEY é uma banda formada no ano de 2015, em Porto Alegre, com músicos atuantes na cena local do Rock e Metal. Segundo a vocalista, bandas como Jinjer, Lacuna Coil e Arch Enemy são algumas das influências sonoras deste seu mais recente trabalho autoral. A banda conta com o guitarrista Fernando Cezar Jr, o baterista Felipe Paedo e o baixista Rodrigo Morales. O debut do DARK VALLEY, intitulado “Tales from Dark Valley”, contém sete faixas inéditas. Ana Carla e Alberto Boa Vista foram os produtores executivos; as sessões de gravações foram realizadas com Fernando Cezar Júnior (guitarra), Jackson Harvelle (baixo) e Andrêss Fontanella (bateria). Os arranjos orquestrais foram criados por Melissa Ironn. A produção e a mixagem são assinadas pelos renomados produtores Renato Osorio e Benhur Lima, músicos de currículo internacional na cena do Metal.

Assista ao videoclipe de “Balada”:

Créditos da foto: Bebel Osorio

Contatos:
Site oficial: https://www.idarkvalley.com
Facebook: https://www.facebook.com/idarkvalley
Bandcamp: https://idarkvalley.bandcamp.com
Youtube:
https://www.youtube.com/idarkvalley
Instagram: https://www.instagram.com/idarkvalley
Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Tags:,

Categoria: News · Plataformas Digitais


TOP